visite a galeria de fotos littlemixpics.com

últimas imagens enviadas
21.05.20

Jade Thirlwall, da Little Mix, escreveu um poema sobre o impacto que a quarentena causou a sua saúde mental, afirmando que ela “tomava a liberdade como garantida.”

No poema, que foi mostrado no Instagram, a cantora descreve encontrar uma apreciação maior por sua família durante a pandemia de coronavírus, ao mesmo tempo em que expressa o quanto ela está “ansiosa por ser livre”.

O poema que Jade chama de “Lockdown Word Vomit“, foi escrita como parte de uma série de ensaios para a The World From My Window (O mundo Pela Minha Janela), uma iniciativa fundada durante o isolamento, com o objetivo de reunir histórias de todas as pessoas do mundo que estão vivendo a quarentena durante o que está acontecendo.

Tendo sido compartilhada na segunda-feira, 18 de maio, para marcar o início da Semana de Consciência em Saúde Mental – #MentalHealthAwarenessWeek, o poema de Jade começa com ela descrevendo seu estado emocional. “Eu gosto de deitar em minha banheira vazia. Deixando a água escorrer como um videoclipe. Faz um tempo desde que eu chorei. Assistindo o mundo parar de minha janela em meu flat lá no alto. Tomei a liberdade como certa”, ela escreve.

Thirlwall continua, afirmando que bebeu “18 garrafas de vinho” e que “ficou acordada demais, atormentada pela ansiedade durante a noite”. A vencedora do X-Factor diz que a experiência a ajudou a perceber que “são minha família e amigos que me fazem sorrir genuinamente” e que há “uma nova alegria no rosto de minha mãe e meu pai toda vez que eu verifico se estão bem.” A cantora lembra como tem passado seu tempo, desde ficar assistindo séries da Netflix, Money Heist, ler, tocar música e “se sentir mais inspirada para compor”.

Ela também presta homenagem à sua ascendência, afirmando que, depois de ver as fotos antigas de seu avô, ela sente que “devo usar a minha origem, minha raça e minhas raízes com mais orgulho.”

Thirlwall crítica quem tem autoridade, afirmando que “por meio de nossos líderes, o privilégio branco ainda é o centro das atenções“. No entanto, em uma nota mais positiva, ela sente um “calor recém-descoberto” quando ouve ser chamada de “tia Jade” durante telefonemas com seus parentes.

Ficar dentro se torna o novo fruto do nosso trabalho. Aprendendo o que realmente significa ser um bom vizinho”, ela escreve. “E para cada sinal do arco-íris, sinto um pouco de esperança para a próxima geração.” No final do poema, Thirlwall questiona como será a “vida normal” quando a quarentena terminar. “Estou ansiosa para ser livre, mas ainda não ser livre de novo“, conclui a cantora.

Tradução & Adaptação: Equipe BrasilLM

Fonte original: Independent UK

Salvo em: Noticias
Little Mix Brasil • Hospedado por Flaunt • Layout por Lannie D online &