GALERIA DE FOTOS
Visite agora mesmo
VÍDEO EM DESTAQUE
Publicado por Monise em 27 de março de 2020

A girlband inglesa Little Mix lançou na madrugada desta sexta-feira, 27, a música Break Up Song. Este é o primeiro single do sexto álbum do grupo, que ainda não teve o nome divulgado e foi apelidado pelos fãs de LM6. Às vésperas do início da nova era da banda, o Estado conversou com Jesy Nelson, uma das quatro integrantes do grupo, sobre a expectativa para a nova fase, possíveis spoilers do LM6 e, claro, sobre a conexão com os fãs brasileiros.

Break Up Song se diferencia dos singles do álbum anterior, LM5, ao apostar em uma batida que remete aos clássicos dos anos 1980, com um refrão inspirado e cheio de nuances características da era disco. “A música tem um estilo um pouco diferente para nós. Espero que os fãs fiquem felizes ao ouvir. Eu adoro o conceito que ela traz, que é sobre sair com os amigos após o término de um relacionamento, se divertir e esquecer de todos os problemas”, disse Jesy.

No dia 8 de março, Jesy, Leigh-Anne Pinnock e Jade Thirwall se apresentaram no Festival GRLS, em São Paulo. Apesar de a banda já existir há nove anos e ter uma grande base de fãs brasileiros, esta foi a primeira vez do Little Mix no País. O quarteto, no entanto, veio desfalcado: a quarta integrante da girlband, Perrie Edwards, anunciou no Instagram que não viria ao Brasil por problemas de saúde: “Estou de coração partido por não poder estar aí com vocês, mas sei que as meninas vão arrasar no show”, escreveu ela.

Na entrevista ao Estado, Jesy Nelson falou sobre o festival: “Honestamente, foi um dos melhores shows que já fizemos. Os fãs são completamente loucos. Foi inacreditável. Mas também foi um pouco difícil porque a Perrie não estava com a gente, então não sabíamos o que esperar do show”, contou a cantora. Jesy também falou sobre a possibilidade de voltar ao País e revelou algumas diferenças entre o LM5 e o próximo álbum da banda. Confira a entrevista abaixo:

Break Up Song lembra as músicas que marcaram os anos 1980. O resto do álbum seguirá o mesmo estilo?

Um pouco. Eu não diria que o álbum todo vai ser assim, mas tem outras referências aos anos 80 sim. É um álbum um tanto eclético, então é bem diferente.

As músicas do LM5 giravam em torno do empoderamento feminino. O próximo álbum também fala sobre esse tema?

Não vai ser tão ‘girl power’ quanto o LM5, esse vai ser um pouco mais livre com relação às mensagens que as músicas trazem. Mas a gente sempre tenta incorporar isso, sempre vamos querer empoderar todo mundo.

O que inspirou essa nova era esteticamente e musicalmente?

Normalmente nós temos vários conceitos ou coisas específicas que nos inspiram, mas, para ser honesta, este álbum foi muito mais livre que os outros. Desta vez, fomos para o estúdio sem saber qual seria o resultado. Este aconteceu naturalmente e, em um certo momento, nos demos conta de que já tínhamos muitas músicas e que já tínhamos um álbum. Então não tem exatamente alguma coisa que tenha nos inspirado, apenas continuamos indo para o estúdio e compondo sobre o que a gente queria.

O álbum já está pronto? Vocês já têm ideia de quando será lançado?

Não, ainda não terminamos. Neste momento, com tudo que está acontecendo (a pandemia do coronavírus que afeta o mundo inteiro) não tenho certeza de quando vai sair.

Vocês estão mais envolvidas no processo de criação deste álbum? Estão escrevendo mais?

Acredito que a gente esteja participando do LM6 da mesma forma que trabalhamos nos outros álbuns. A Jade e a Leigh escreveram músicas muito boas, algumas nós fizemos em grupo e outras músicas maravilhosas de outros compositores incríveis foram dadas para nós.

A banda está em uma nova gravadora. Agora vocês têm mais liberdade para fazer os álbuns e gravar os clipes?

Sempre tivemos liberdade na outra gravadora, mas, obviamente, aconteceram algumas coisas que nos fizeram mudar para a RCA. Está sendo bom, não tenho do que reclamar.

Vocês têm planos de voltar ao Brasil?

Nós adoraríamos voltar. Fomos como um trio da última vez e amaríamos voltar todas juntas para fazer outro show. Isso seria incrível.

O que você tem feito nesta quarentena? Como você tem se cuidado?

Eu literalmente não fiz nada além de comer e assistir filmes. Não consigo parar de comer. Como, assisto filmes e fico dentro de casa.

Eu sei que saúde mental é um tema importante para você. Acredita que este é um momento de dedicar um tempo a nós mesmos, de cuidar da gente?

Com certeza. É claro que é um momento difícil para todo mundo, mas ao mesmo tempo é uma oportunidade de estarmos junto das nossas famílias, de interagir mais com os nossos parentes da mesma forma que fazíamos antes do surgimento das redes sociais. As redes são uma grande parte da vida das pessoas hoje e, às vezes, isso não acontece da melhor maneira, então é bom estar em casa com a família. Se você puder, claro.

O reality show da banda, ‘Little Mix: The Search’, tem previsão de lançamento no primeiro semestre. Vocês já começaram a gravar?

Já gravamos a maior parte do programa, só falta a parte ao vivo. Com o coronavírus, não sabemos quando vamos poder voltar a trabalhar no programa. As audições já foram filmadas. Eu estou muito animada, nos divertimos muito gravando. O talento dos participantes é inacreditável, somos muito sortudas de tê-los no ‘The Search’. Tem sido muito legal porque a gente entende exatamente o que eles estão sentindo, então quando eles participam das audições com a gente, tentamos fazer o processo todo ser agradável e menos assustador.

Voltando ao tema de Break Up Song, você tem músicas favoritas sobre término de namoro?

Com certeza. Eu amo Irreplaceable (da Beyoncé), a Ariana Grande tem muitas músicas boas que falam sobre isso, a Dua Lipa também.

Fonte original: Terra

Publicado por Monise em 27 de março de 2020

Não faz nem um mês que o Little Mix visitou o Brasil pela primeira vez. A pandemia de Coronavírus nos colocou o tempo em outra perspectiva e a sensação que temos é de que fazem muitos meses que tivemos esse encontro com uma das maiores girlbands da história. Entretanto há três semanas apenas Leigh-Anne Pinnock e Jade Thirlwall contaram com exclusividade ao POPline que o sexto álbum do grupo estava à caminho e a notícia foi instantaneamente republicada em veículos brasileiros e de todo o Reino Unido.

Era a confirmação que todos esperavam e a gente só não sabia que a primeira amostra desse disco chegaria tão rapidamente. Nesta sexta-feira (27), o Little Mix liberou nas plataformas digitais “Break Up Song”, música que dá início a uma nova era e ao que parece ela será realmente escrita de forma diferente. O single, que tem uma pegada oitentista – que está super em alta – , nos mostra um Little Mix mais maduro e pronto para explorar sonoridades jamais exploradas pelo quarteto. Diria até que “Break Up Song” nos traz um grupo mais adulto, distanciando-se de outros sucessos como “Black Magic” e “Hair”, que tinham um público alvo totalmente diferente.

Para entender melhor o novo single, a nova fase do Little Mix e adiantar mais detalhes do aguardado “LM6”, conversamos novamente com Leigh-Anne, desta vez ao telefone diretamente de sua casa na Inglaterra. De quarentena, Leigh nos atendeu e falou um pouco mais sobre o direcionamento do grupo, alguns medos em relação ao visual adotado em “Break Up Song”, adiamentos envolvendo a pandemia de Coronavírus, o reality show “The Search” e, claro, a sua passagem pelo Brasil, que de acordo com ela mesma foi “a melhor viagem” que já fez na vida!

POPline: Oi Leigh! Aqui é a Mari, conversamos há umas semanas aqui em São Paulo!

Leigh-Anne: Oiiii, tudo bem?

Tudo! E você?

Eu estou bem também, obrigada!

É muita legal poder falar com você de novo. Eu tive o prazer de escutar “Break Up Song” antes do lançamento e fiquei muito surpresa com muitos aspectos dessa música! Ela é incrível, parabéns!

Aahh, muito obrigada! Preciso dizer que estamos muito animadas com essa música! Mal posso esperar para que todo o mundo possa ouvi-la!

Acredito que o mais importante a respeito deste single é que ele é algo completamente diferente de tudo que o Little Mix já fez. Por que vocês escolheram este caminho?

Acho que o que a gente realmente queria era uma ótima música pop. Tivemos a ideia de fazer uma música com uma pegada mais 80’s há um tempo atrás… Na verdade, não a escolhemos como primeiro single instantaneamente. Ela sempre foi uma das nossas favoritas, mas ela não estava finalizada. Me lembro de escutá-la uma vez e pensar assim, ‘Por que não finalizamos essa música? Vamos deixar assim?’. Depois de um tempo finalmente conseguimos finalizar e eu nem consigo explicar direito! Acho que ela é uma música pop muito boa e talvez por isso soe tão diferente de todas as outras. Eu não sei ao certo, mas acho que essa pegada 80’s deixou a música muito mais ‘descolada’.

A produção de “Break Up Song” também é bem ousada, se comparada a músicas antigas do Little Mix. Diria até que esta é uma música mais adulta e mostra um lado diferente do grupo, musicalmente. Estou certa?

Sim, com certeza! Mas eu também acho que ela tem aquele elemento mais cativante, então ela fica na cabeça das pessoas. Eu também acho que os sintetizadores oitentistas também são super pra cima e toda vez que eu ouço, eu fico super feliz e é exatamente o que eu acho que a música faz! É o que eu acho que essa música fará com as pessoas.

Vocês sempre tiveram vocais poderosos, mas acho que esta é uma das melhores produções do Little Mix. Concorda?

Obrigada. Hmmmm, sim eu acredito que é algo muito diferente, fresco.  As pessoas têm aquela sensação de ouvir a música, mas não saber ao certo de quem é, o que é muito interessante. Espero que todos gostem muito.

Tenho certeza que sim! “Break Up Song” é altamente influenciada pelo som dos anos 1980 e esta é uma tendência do mercado neste momento. Essa sonoridade é uma referência que representa bem o som do “LM6” ou é uma faixa mais isolada?

Sim! Definitivamente eu acho que ela representa o disco muito bem. Acho que esta é uma ótima introdução ao que o álbum está se tornando!

O vídeo teaser do Instagram para “Break Up Song” também é bastante influenciado pelos anos 1980! Você até está usando um corte de cabelo no estilo mullet! O clipe também será assim? Como foi essa filmagem?

Nós ainda não filmamos o videoclipe oficial dessa música, o que é uma pena, e obviamente não podemos fazer um vídeo nesse momento, mas temos algo para lançar e será muito legal. A gente fez um vídeo vertical para o Spotify, que também tem essa vibe oitentista super ‘cool’ e foi daí que saiu o meu visual com mullet, risos! Cara, eu tava com tanto medo de mostrar esse cabelo! Não sabia se as pessoas iriam gostar, porque obviamente é muito diferente e eu nunca fiz nada nem parecido com esse estilo antes. Mas eu sempre gosto de fazer coisas diferentes no meu cabelo e experimentar, então pensei ‘por que não?’. Eu adorei!

Eu adorei, Leigh! Ficou super legal! Amei o mullet e as ombreiras!

Ahhh, obrigada! Foi muito legal mesmo. A gente nunca fez nada com essa pegada anos 1980 e o estilo dessa época era muito legal, tão diferente. Foi incrível poder se vestir assim e de uma maneira que nunca nos vestimos antes.

Fonte original: POPline

Publicado por Monise em 24 de março de 2020

Elas anunciaram recentemente que uma nova era estava chegando, criando um impacto global entre os fãs. E agora essa nova era começa, quando o maior grupo feminino do mundo, Little Mix, confirma que está lançando um novo single nesta próxima sexta-feira, 27, intitulado ‘Break Up Song‘, escrito por Jade, Perrie e Leigh-Anne com Kamille, Frank Nobel e Linus Nordstrom, ‘Break Up Song’ é um hino sobre superar um relacionamento, apresentando uma melodia indelével e sintetizadores rodopiantes dos anos 80, todos envolvidos em outra marca registrada da banda junto de performances e vocais impressionantes.

Little Mix está de volta fazendo o que faz de melhor; enormes canções pop que dominam o planeta. O Little Mix, composto por Perrie Edwards, Jesy Nelson, Leigh-Anne Pinnock e Jade Thirlwall, estabeleceram-se como a maior girl band do mundo. Elas venderam mais de 50 milhões de discos em todo o mundo, coletaram mais de 17 milhões de ouvintes no Spotify, receberam mais de 5 bilhões de visualizações no YouTube e colecionam mais de 12 bilhões de transmissões em todo o mundo. O ano de 2019 testemunhou o Little Mix ganhar seu segundo Brit Award – desta vez de Melhor Vídeo Britânico com ‘Woman Like Me’, e assim, tocar a mesma música ao vivo no Brits.

Elas também ganharam dois Global Awards de Melhor Grupo e Melhor Canção, seguidos pelo 4º prêmio EMA de Best UK/Ireland Act. Esse ano, o Little Mix lança uma nova série de TV para a BBC One, Little Mix The Search. A série, feita pela ModestTV, verá a banda criando bandas e se tornando mentoras de uma nova onda de talentos.

Os cantores que entrarem em novas bandas viverão juntos e terão acesso ao círculo interno do Little Mix, que contribuiu para seu sucesso fenomenal, incluindo professores vocais, compositores, produtores e estilistas. A série de TV será seguida por uma enorme turnê de verão nos estádios do Reino Unido em junho e julho, incluindo um enorme show no icônico Hyde Park de Londres para o dia 6 de julho.

Tradução e Adaptação: Equipe BrasilLM.

Fonte original: Press Party

Arquivado em Noticias The Search
Publicado por nora em 19 de março de 2020

O novo programa da Little Mix: The Search, que virá ao publico com foco de encontrar um novo grupo, tinha previsão de ser iniciado em abril e os live shows em maio, mas o jornal The Sun noticiou que o show muito provavelmente será adiado para o final de 2020 por conta do surto de coronavírus por todo o mundo.

“As garotas disseram que os live shows do programa terão que ser adiados”, disse a fonte ao jornal “O plano seria levar ao ar 5 shows ao vivo a cada sábado durante as noites de maio. Mas como esses shows poderiam ser gravados em frente a uma audiência, elas tiveram que cancelar por conta do coronavírus. É algo frustrante para o grupo, mas elas sabem que não há nada que se possa fazer”, continuou.

A BBC ainda confirmará a agenda oficial do show de talentos, que filmou as etapas de audições no inicio desse ano.

Assista ao trailer oficial e legendado do programa:

Arquivado em Noticias The Search
Publicado por nora em 13 de março de 2020

O comediante Chris Ramsey trará seu charme de South Shields como apresentador no novo show de talentos da Little Mix.

No novo programa da BBC, veremos as ganhadoras do X Factor criando grupos e se tornando mentoras de uma nova de onda de talentos.

“Desde que eu ouvi o primeiro single delas, eu sabia que queria ser o quinto membro da Little Mix. Infelizmente parece que eu vou ter que me contentar em apenas ser um dos convidados do novo show delas”, diz Ramsey.

O nascido no noroeste da Inglaterra, acompanhará as quatro garotas na fase dos live-shows.

“Estamos muitos felizes que Chris tenha subido a bordo para participar do The Search”, comentam as integrantes.

O programa, intitulado como Little Mix: The Search, verá Edwards, Thirlwall, Nelson e Pinnock utilizando de seus conhecimentos para guiar os esperançosos candidatos que querem estar nesse novo grupo.

A transmissão na TV se inicia na primavera britânica.

PROGRAMAS DE TV | TELEVISION PRODUCTIONS > LITTLE MIX THE SEARCH (2020)

Arquivado em Noticias The Search