visite a galeria de fotos littlemixpics.com

últimas imagens enviadas
12.11.20

Leigh-Anne Pinnock da Little Mix apareceu em um novo podcast com seu noivo Andre Gray, onde o casal fala abertamente sobre seu noivado, como Andre a propôs durante a quarentena e sobre como suas experiências compartilhadas são a base do relacionamento saudável.

Como parte da campanha #MyLoveIsBlackLove de Bumble, My Love Is… a apresentadora do podcast Irene TTYA perguntou a Leigh-Anne e Andre por que o amor dos negros – e a representação dos casais negros – é tão importante para eles.

 Leigh-Anne diz a Irene:

Para compartilhar uma cultura juntos, e para celebrar nossa cultura juntos eu acho que é realmente especial. Eu amo que Andre e eu temos um entendimento mútuo. Experimentei coisas sendo ‘a garota negra’ em um grupo e me senti confortável no fato de que Andre apenas entendeu tudo tão rápido, e apenas o relacionamento comum que temos juntos. Acho que não poderia ser de outra maneira.

Andre concordou e acrescentou:

Vocês podem ter essa conversa um com o outro ou com alguém que vai entender. Então, quando estiverem na situação que estamos há tantos anos, pelo menos, você poderá voltar para casa e ter uma conversa com alguém que realmente entenda como você se sente. Por exemplo, alguém com saúde mental e não alguém que tente falar e explicar algo que não sabe, eles nunca vão entender até que realmente sintam. Então ter isso é forte.

Leigh-Anne também falou sobre como é importante – especialmente para a geração mais jovem – ver mais representação do amor negro.

Definitivamente não acho que haja o suficiente. Há tanta positividade que vem do amor dos negros e realmente precisamos ver isso em nossas telas e na mídia – e há muito trabalho a fazer com isso. Definitivamente, não é comemorado o suficiente. Há algo tão poderoso sobre um casal negro.

Em junho, Leigh-Anne postou um vídeo na IGTV compartilhando algumas de suas experiências com o racismo e em apoio ao movimento Black Lives Matter.

Falando sobre como o racismo é sistêmico e o preconceito inconsciente impactaram sua carreira, ela disse:

Você aprende a entender que não pode ser vista como muito barulhenta ou teimosa, caso contrário você é considerada uma diva muito agressiva. Você aprende isso ao entrar em uma sala no qual, você é considerada inacessível ou estranha antes mesmo de alguém se aproximar de você. Você aprende que expressar sua opinião sobre a falta de diversidade dentro da indústria é como bater a cabeça contra uma parede de tijolos. 

A cantora ainda acrescentou:

Minha realidade são todas as vezes em que me senti invisível dentro do meu grupo. Parte de mim está totalmente ciente de que minha experiência têm sido difícil de lidar por eu ser de pele escura. Nossa realidade é: não importa o que você pense ou de onde você veio, o racismo existe. 

Tradução e Adaptação: EquipeBRLM | Fonte: Cosmopolitan UK

Salvo em: Entrevistas | Noticias
Little Mix Brasil • Hospedado por Flaunt • Layout por Lannie D &