visite a galeria de fotos littlemixpics.com

últimas imagens enviadas
05.11.20

NOTA: 4 ESTRELAS

 

Nós não temos escolhas, além de virar fãs.

Se um concurso de talentos para a TV em seu nome não foi suficiente para te convencer, saiba que o Little Mix conquistou firmemente o direito de se sentar do outro lado da mesa de julgamento. Nove anos depois de seu triunfo no X Factor, sua ascensão constante é uma espécie de anomalia – elas não são apenas o melhor grupo feminino da Grã-Bretanha, elas são praticamente as únicas que restaram.

Com isso em mente, ‘Confetti’ parece uma aposta adequada para dominação mundial, carregado com R&B forte e americanizado.

‘Sweet Melody’ parece particularmente pronta para o TikTok, uma batida trap de K-Pop que sustenta suas harmonias sempre impecáveis. ‘Confetti’ e ‘Rendezvous’ são puros sucessos de compilação do início dos anos 2000, do tipo que exige videoclipes de alto orçamento que você pode encenar em seu quarto quando ninguém está olhando. Claro, essa última soa um pouco como Pussycat Dolls, mas é um som que há muito tempo deveria ter voltado – sexy, amigável ao rádio, mas ainda com um distinto senso de humor atrevido e fantasia.

Como sempre, Little Mix brilha melhor quando estão mergulhadas em sua ousadia milenar. Nunca se intimidando em quebrar uma quarta parede em nome do empoderamento feminino, a excelente ‘Not A Pop Song’ é perfeitamente apresentada como o estágio final da rebelião ao programa de TV – eu queria ser uma mosquinha para ver quando o Sr. Cowell ouviu pela primeira vez “Eu não faço o que Simon diz / Entenda a mensagem porque é clara”. Suavizando qualquer verdadeiro sarcasmo com um grande refrão alegre, a gratidão que as trouxe até aqui permanece clara; ‘Se eu sou um prazer culposo / quero esta vida para sempre’. Jesy, Jade, Perrie e Leigh-Anne – não temos escolha a não ser virar fãs.

 

Fonte: DYI Magazine

Salvo em: Confetti
Little Mix Brasil • Hospedado por Flaunt • Layout por Lannie D &