visite a galeria de fotos littlemixpics.com

últimas imagens enviadas
21.11.20

Little Mix ganhou mais dois certificados pelas altas vendas no Reino Unido. O BPI (British Phonographic Industry) deu mais certificações por “Break Up Song” e “Shout Out To My Ex“.

Break Up Song“, primeiro single do mais recente álbum “Confetti“, foi certificado como OURO por mais de 400 mil unidades vendidas, enquanto que “Shout Out To My Ex“, primeira faixa-título do álbum “Glory Days”, foi certificado como PLATINA TRIPLA, somando mais 1,8 milhão de cópias vendidas. Confira:

Com esse feito, Little Mix se junta às lendárias Spice Girls. Esses são os dois os únicos grupos femininos que conseguiram PLATINA TRIPLA no Reino Unido com um single. No caso das Spice Girls, isso aconteceu com “Wannabe“ no ano de 1996.



19.11.20

No dia 6 de novembro, o grupo feminino britânico Little Mix lançou seu sexto álbum de estúdio “Confetti” pela RCA Records. Três singles foram lançados antes do lançamento do álbum – “Break Up Song”, “Holiday” e “Sweet Melody” – todos receberam críticas positivas e demonstram a abordagem inovadora da banda à música nostálgica.

O álbum de 13 faixas é colorido e explora temas mais maduros, e depois de ouvir o álbum pela primeira vez,  eu o descartei como outra coleção de pop-dance, mas na realidade, cada faixa carrega sua própria sonoridade que variam de R&B, punk e lírico. Essa mistura de gêneros musicais torna o álbum uma alternativa divertida e criativa, e mantém os ouvintes totalmente atentos a história da música.

Sempre gostei do modo empoderador da Little Mix, principalmente com suas músicas anteriores, como “Power” de 2016 e “Salute” de 2013. Esta identidade distinta é mais do que uma estética – é um elemento que consolida e fortalece a composição deste álbum. Além de sucessos pop ousados e conhecidos como “Rendezvous” e “Happiness”, Little Mix adiciona críticas sutis à indústria da música.

Break Up Song”, sem quaisquer suposições românticas, envolve a separação de seu antigo selo Syco Music, fundado por Simon Cowell. Letras como “Por todas as vezes em que eles nos ferraram” e “Não fazemos o que Simon diz” destacam claramente a voz autêntica da banda e a libertação das expectativas da Syco.

Desde a lenta e lírica “Breathe“, que mistura letras comoventes com vocais mais suaves, até a animada e crítica “Not a Pop Song“, Little Mix experimenta batidas glamorosas e melodias serenas, mostrando que conseguiram definir seu estilo.

A faixa que me recorda muito o seu álbum “Glory Days” é “Gloves Up”, que leva os ouvintes a um mundo de baterias vibrantes, batidas pulsantes e letras poderosas. Outra das minhas faixas favoritas é a doce-amarga “A Mess (Happy 4 U)”, que se disfarça como uma música eufórica sobre um rompimento. Essas músicas vibrantes não são apenas polidas e fortes, mas também componentes essenciais que tornam o álbum fortemente envolvente.

O que “Confetti” capta de relevância social e diferente de seus trabalhos anteriores é a liberdade criativa, a expressão artística e a experiência ousada. Ao reter as batidas pop familiares que as tornaram famosas em 2011, Little Mix prova que podem ir além da compreensão do gênero em que estão trabalhando. Elas pegam todos os elementos e os reinventam em uma celebração poderosa da música.

Fonte: Duclarion

Tradução & Adaptação: Equipe BrasilLM



19.11.20

Perrie, Jesy, Leigh-Anne e Jade estão juntas como a Little Mix por quase dez anos e são bem-sucedidas nisso.

As quatro são atualmente o grupo feminino de maior sucesso na Europa. Elas também foram atingidas pela crise do coronavírus.

Em uma entrevista para Klatsch-tratsch.de, Little Mix fala sobre seu novo álbum, seu programa de TV e os planos de casamento de Leigh-Anne, que só ficou noiva de seu namorado Andre Gray na primavera.

Vocês possuem alguma experiência pessoal com a Alemanha?

Já estivemos em turnê na Alemanha, o que foi ótimo. Amamos nossos fãs alemães e fizemos alguns shows em Berlim e em algumas outras cidades. Tivemos umas noitadas boas por lá. Vocês sabem como festejar! Mal podemos esperar para voltar para a Alemanha.

Vamos falar sobre o novo álbum. Por que foi intitulado como “Confetti”? Tem alguma história por trás? 

“Confetti” é uma das músicas do nosso álbum e que gravamos primeiro. Acho que foi a Perrie que sugeriu que chamássemos o álbum de “Confetti” e isso fez sentido. Geralmente, sempre acabamos discutindo sobre o título do álbum, e há muitas idas e vindas entre nós, a gravadora e nosso empresário. “Confetti” impressionou a todos nós imediatamente e então se tornou o título. Foi o título mais fácil que conseguimos pensar. E eu acho que combinou bem com nosso sexto álbum. Estamos juntas há dez anos e queríamos comemorar esse tempo. Eu só acho que o álbum é feliz, bombástico e “Confetti” reflete isso perfeitamente.

Deve ter sido difícil gravar o álbum durante o isolamento, certo?

Felizmente, gravamos a maior parte do álbum antes do isolamento! Não sei como teríamos feito isso como um grupo durante a quarentena. Temos sorte de ter feito tudo antes. Na quarentena, basicamente promovíamos apenas nossos singles, o que era muito estranho. Durante esse tempo também fizemos um videoclipe, o que foi extremamente difícil de fazer. Mas no final conseguimos.

Há algo que vocês aprenderam durante o isolamento que nunca tiveram tempo de fazer antes?

Aprendemos a priorizar coisas que nos deixam muito felizes. Acho que estávamos todas muito ocupadas antes do isolamento. Foi um ciclo de trabalho, trabalho e trabalho. Então, fica fácil esquecer das coisas que nos deixam animadas. E como as regras do isolamento diminuíram um pouco, tentamos deixar todas as coisas de trabalho em dia para manter equilibrado. Porém há pontos positivos sobre o isolamento. Conseguimos nos comunicar mais com nossos amigos e familiares. Isso nos faz feliz. Acho que é importante manter o equilíbrio, especialmente nestes tempos difíceis.

Dois anos atrás vocês tiveram um sucesso com Nicki Minaj. Como construíram esse relacionamento para trabalhar com ela? Ela acabou de ter um filho, vocês já deram os parabéns?

Nicki. Nós amamos ela! É engraçado você ter mencionado isso. Fizemos uma entrevista com ela e um fã me escreveu dizendo: “Uma pequena informação, só para vocês saberem, o vídeo está se tornando viral no TikTok agora.” Fomos ao TikTok para ver. Mas sim, nós amamos Nicki. Ter uma música com ela foi uma das melhores experiências que tivemos como Little Mix. Foi ótimo. Era nosso sonho fazer uma música com ela e foi tão legal! Ela foi tão legal e ajudou muito na divulgação da música!

Também tem a Hailee Steinfeld, que nos disse em entrevista que ela é uma grande fã e que adoraria ser a quinta integrante da Little Mix. Vocês fariam uma música com ela? Ou já estão planejando?

Aww! Isso seria legal. Lembro que ela estava no EMAs onde nos apresentamos com a Nicki Minaj. Hailee foi uma das apresentadoras e dançou nossa música o tempo todo, mesmo durante os ensaios. Eu sempre a olhava discretamente, como ela dançava tão docemente, era muito fofo. Adoraríamos trabalhar com ela. É uma grande artista e extremamente talentosa. Seria maravilhoso!

Qual foi a maior loucura que um fã fez para vocês?

O que é realmente extraordinário é quando olhamos para as redes sociais, alguns fãs fazem amizades e relacionamentos verdadeiros uns com os outros. Ao longo dos anos, reunimos pessoas, criamos amor e todo esse vínculo. Lembro-me de quando um fã correu atrás do nosso carro, ele realmente correu. Ele estava atrás da nossa van e caminhou vários quarteirões atrás de nós. Ele foi tão rápido e chegou lá antes de nós!

O que é o “Little Mix – The Search”? Ele voltará assim que a situação do corona melhorar?

Com “The Search” estamos basicamente procurando pela próxima maior banda, seja um girl group, uma boyband, um grupo misto de rap/R&B…Nós formamos seis grupos diferentes, todos muito diferentes uns dos outros e quem ganhar será o nosso ato de abertura para a turnê no ano que vem. Felizmente, filmamos as audições antes do isolamento e formamos os grupos. Tivemos muita sorte. Agora estamos dando um tempo no show por causa de todas as coisas que estão acontecendo. Os shows ao vivo começam na próxima semana, tivemos que adiá-los novamente por uma semana porque havia algumas pessoas da equipe que pegaram o vírus. Eles estão bem e é claro que a saúde vem em primeiro lugar. Sentimos que é difícil agora, afinal, nunca tivemos em uma pandemia antes, então ninguém sabe como se comportar adequadamente. Mas todos com saúde e estando bem é o mais importante.

São poucos artistas que realmente fazem uma carreira após um show como esse. Qual é o seu conselho para quem ainda quer tentar?

O mais importante é que você realmente aproveite cada segundo. Muitos dos candidatos são tão jovens. Acho que o mais importante é aprender e crescer com a experiência, levar o máximo de si e se divertir, porque é uma oportunidade única na vida. Para nós, todas as seis bandas são vencedoras. Nesse ponto, é tudo uma questão de diversão e um pouco de trabalho duro para todas.

Leigh-Anne, você ficou noiva este ano. Você já tem data marcada e como será esse casamento?

Já sabemos que queremos realizar em 2022. Vamos apenas torcer para que tudo volte ao normal. Não quero me casar no Reino Unido, quero me casar na Jamaica. E será o melhor casamento de todos!

As outras garotas também estarão lá?

Claro!

Quais são os planos de vocês para o resto do ano?

Pelo resto do ano, temos “The Search” e nosso novo álbum. Estamos felizes! Temos alguns projetos sobre os quais ainda não podemos falar. Estamos felizes por termos passado tão bem o ano – com músicas novas e fãs muito leais e pacientes. Estamos todas em uma situação nova e muito estranha em que nenhuma de nós nunca esteve, então estamos realmente muito gratas por ainda podermos trabalhar, honestamente.

Tradução e Adaptação: Equipe BRLM | Fonte: Klatsch-Tratsch



17.11.20

Little Mix não deixou que o fechamento das boates diminuissem seus ânimos – elas trouxeram a festa para o estúdio enquanto gravavam o álbum Confetti.

Jade Thirlwall revelou como os hits de seu novo álbum, incluindo Break Up Song e Holiday, foram gravados depois que as garotas estavam saboreando uma bebida.

Ela disse:

Uma das minhas memórias favoritas de fazer o Confetti foi logo no início do processo. Estávamos no estúdio com Kamille (compositora da girlband) que é basicamente nossa quinta integrante. Tínhamos bebido bastante. Foi basicamente uma noitada, mas no estúdio. Ficamos um pouco felizes e produzimos tantas músicas em um dia. Foi quando Break Up Song e  Holiday nasceram e algumas outras canções que não entraram no álbum.

As meninas terminaram a primeira temporada de seu reality musical Little: Mix The Search na BBC semana passada, e agora estão pensando em criar sua própria gravadora.

Leigh-Anne Pinnock disse:

Depois de trabalhar com todas essas bandas incríveis no The Search, é algo que podemos analisar.

Tradução: EquipeBRLM | Fonte: The Sun



16.11.20

Little Mix  é o maior grupo feminino do mundo, com quatro singles #1, dois Brit Awards e milhões de fãs globalmente. Mas em um ano em que havia tão pouco motivos para sorrir, a integrante da banda Jade Thirlwall ganhou uma coisa que colocou um sorriso em seu rosto. Ela usa um collant apertado e esfarrapado no vídeo de seu novo single Sweet Melody e isso deixou seus fãs enlouquecidos e deixou sua mãe Norma pasma.

Rindo ao telefone em um bate-papo exclusivo, Jade lembra:

“Minha mãe nos ligou assim que o vídeo saiu. Ela estava tipo, ‘Jade, em primeiro lugar, por que sua bunda está para fora? Em segundo lugar, de onde surgiu esse bundão?’ Ela estava tipo, ‘O que você tem comido durante a quarentena, querida?’ Eu disse, ‘Ele apareceu do nada’.”

Quando pergunto a Jade se ela tem a tendência de fazer exercícios em casa, ela responde:

“Tudo o que fiz na quarentena foi comer tortas. Apenas comendo constantemente. Talvez eu esteja apenas me tornando uma mulher. Mas o videoclipe ficou muito bom. Sabíamos que era hora de ter outro vídeo coreografado para que as pessoas pudessem copiar no isolamento.”

Depois de anos de críticas ridículas sobre suas roupas, qualquer comentário é algo como “entra por um ouvido e sai pelo outro” para Jade e suas colegas de banda Leigh-Anne Pinnock Perrie Edwards Jesy Nelson. O sexto álbum Confetti foi lançado na sexta-feira. Elas não se envergonham das letras obscenas e insistem que não vão se desculpar por elas.

Ao escrever sobre suas vidas sexuais, Jade diz:

“Vamos sempre escrever e gravar músicas baseadas em nossas experiências pessoais e, sim, somos mulheres adultas e fazemos sexo. Acho que é realmente poderoso, especialmente agora quando você tem artistas como Cardi B e Megan Thee Stallion fazendo músicas como WAP. Sou a favor das mulheres terem o controle de suas experiências sexuais e cantem sobre isso. É ótimo. Os homens têm feito isso há Deus sabe quanto tempo, então por que as mulheres não podem fazer e serem elogiadas por isso?”

Não só foi um grande ano para o grupo por causa do lançamento de seu álbum e da exibição de seu show de talentos do horário nobre da BBC1, Little Mix: The Search, mas Leigh-Anne também ficou noiva. Seu companheiro, o jogador de futebol de Watford Andre Gray, ajoelhou-se no aniversário de quatro anos em maio. Mas a carreira dele está dando-lhe dor de cabeça ao planejar o grande dia.

Leigh-Anne resmunga:

“Não é a Covid atrapalhando – é a Copa do Mundo. Não sei quando tudo isso vai começar, e não sei quando vai ser o tempo de folga de Andre. Eu quero isso em 2022, então veremos.

Rindo, ela acrescenta:

“Sinceramente, não sei bem como absorver tudo. Eu odeio futebol às vezes. É um incômodo.”

Enquanto Perrie mantém um relacionamento de longa data com o craque do futebol do Liverpool, Alex Oxlade-Chamberlain e Jesy está namorando o ator de Our Girl Sean Sagar, Jade desafiou as probabilidades ao encontrar um namorado durante a quarentena. Ela começou a sair com o vocalista do Rizzle Kicks, Jordan Stephens e agora eles são um casal.

Quando o nome do cantor é mencionado, Jade se anima e diz:

“Oh, ele realmente é lindo, sim. Definitivamente não é o que imaginei para este ano. Talvez seja por isso que funcionou tão bem, porque eu realmente não estava procurando por ninguém. É adorável.”

É ótimo vê-las em seu melhor moment, porque depois de nove anos na indústria, Little Mix teve seu tempos difíceis. Além de serem criticadas por causa de sua imagem, elas saíram da sua antiga gravadora, Syco, pouco antes do lançamento de seu último álbum LM5 em 2018, mudando para a RCA Label UK.

Leigh-Anne admite:

“Nós realmente gostamos de trabalhar com nossa nova gravadora. Tem sido divertido e com este álbum, tudo veio junto.” 

Jade acrescenta:

“Tirar esse peso dos ombros significa que escrevemos um álbum muito feliz e bombástico.”

No entanto, este ano não foi uma jornada fácil. Elas não só lançaram o primeiro single Break Up Song em março – quatro dias depois que Boris Johnson anunciou a quarentena total do Reino Unido – mas também tiveram que atrasar seu programa de TV devido a Covid. Quando foi lançado, Jade teve que se isolar e aparecer via video chamada para o primeiro episódio ao vivo, então o segundo foi adiado por seis dias depois que Boris agendou uma entrevista coletiva sobre a quarentena.

Jesy perdeu a final no sábado passado devido a doença. Mas as meninas acham que isso significa que agora podem lidar com qualquer coisa.

Jade diz:

“Tem sido estranho. Mas somos gratas por ainda estar trabalhando e trabalhando. No primeiro isolamento, tínhamos que promover Break Up Song apenas nas redes sociais. E com The Search também, toda semana havia outro drama. Portanto, nada mais nos surpreende. Estamos muito gratas. Nossa música está indo bem e estamos um pouco em choque com a qualidade da recepção que o álbum e o single tiveram.”

Tradução e Adaptação: EquipeBRLM | Fonte: The Sun

 



12.11.20

Ainda adolescentes, quando se tornaram famosas, o estrelato teve um preço para Little Mix. Elas se abrem com Francesca Babb sobre os altos e baixos dos últimos nove anos.

É o fim de nossa sessão de fotos para a capa da YOU e estou vendo as meninas da Little Mix sem maquiagem. Lenços umidecidos passam para frente e para trás em seus rostos e, conforme a base se vai em um dilúvio de lenços de cor de café, Jesy Nelson e Leigh-Anne Pinnock, ambas com 29 anos, e Jade Thirlwall e Perrie Edwards, ambas com 27, relaxam visivelmente em seus agasalhos e jeans com seus ombros relaxados enquanto elas se acomodam. Estou tão acostumadas a vê-las maquiadas e prontas para serem fotografadas que assumi que todo o glamour era o seu lugar feliz. Mas talvez as verdadeiras Little Mix não sejam as estrelas pop com pintura de guerra e collant que passamos quase dez anos vendo crescer, mas sim as quatro mulheres que se tornaram por trás do brilho dos holofotes. São essas quatro mulheres que estou intrigada em conhecer.

Desde que venceram o The X Factor nove anos atrás, houve pontos altos – vendendo mais de 50 milhões de discos em todo o mundo, uma porcentagem significativa de autoria própria, e criando linhas de maquiagem e mercadorias suficientes para não só mantê-las bem, como suas famílias no futuro (informações recentes sugerem que elas ganharam um total de £28,5 milhões até agora). Mas também houve pontos baixos – contínuas críticas do público e da imprensa, bullying e ódio de ofensores online. Os casos mais extremos levaram Jesy a tentar o suicídio no início da Little Mix em 2013 (ela revelou que um tweet de Katie Hopkins “O pacote de mistura ainda tem uma gorda na sua linha de frente” foi o ápice da sua depressão) e empurraram a cantora Perrie numa luta contínua contra a ansiedade.

A fama as mudou. Em alguns aspectos, elas ainda são jovens – colocando frases na conversa que não estariam fora do contexto em um parquinho – mas, em outros, elas são sábias além da idade, mergulhando de cabeça em batalhas sobre feminismo, racismo e saúde mental. Elas são divertidas o suficiente para ser um alívio leve, inteligentes o suficiente para inspirar uma geração que luta contra as pressões da sociedade e das redes sociais, mesmo antes de uma pandemia ser lançada sobre elas, e corajosas o suficiente para deixar a gravadora de Simon Cowell porque elas não achavam que ele se importava.

Nunca foi realmente muito fácil, não é?Jade pondera, tendo em mãos uma cópia da teoria feminista de 2002 da ativista social Bell Hooks, Comunhão: A Busca Feminina pelo Amor (não para mostrar, devo acrescentar; quando pergunto a ela sobre, ela conhece bem o conteúdo). “Nós tivemos momentos muito altos mas também muito baixos”.

Jesy, que virou alvo de alguns dos mais cruéis comentários do mundo fora da Little Mix, concorda: “Alguns dos melhores momentos, alguns dos piores momentos.”
Comentários sobre seu peso, sua aparência, seu lugar no grupo, comentários de que ela deveria se matar, tudo a levou a uma profunda depressão e à já mencionada tentativa de suicídio. Seu documentário do ano passado, Jesy Nelson: Odd One Out, revelou sua jornada por tudo isso e, ao mesmo tempo que é angustiante, é essencial ver as realidades de crescer em um mundo dominado pelas redes sociais.

Antes de entrarmos no grupo, eu nunca olhei para mim mesma e pensei ‘eu não gosto disso’ – acho que nenhuma de nós pensou assim. Eu nunca pensei ‘Ai Deus, eu estou gorda’, e então entramos para a indústria e todas nós começamos a querer mudar coisas em nós mesmas. É tão triste. Há coisas [no passado] que eu definitivamente gostaria de não ter feito” diz ela, referindo-se a tentativa de suicídio. “Mas eu seria a pessoa que sou hoje se não tivesse passado por tudo isso?”

Houve uma época em que era pior do que agora“, acrescenta Leigh-Anne, que cada vez mais usa seu Instagram para vocalizar a sua experiência com o racismo, tanto aberto quanto adjacente, ao longo de seu tempo no grupo. “Acho que estamos dando um passo à frente, mas temo por minhas [futuras] filhas…

Isso me faz não querer ter um filho”, concorda Jesy. “Essas inseguranças que todos nós temos agora por causa das redes sociais, imagine ter isso embutido em você quando criança?

Antes de você classificá-las como quatro garotas muito sortudas, reclamando de maneira ingrata de um estilo de vida com o qual tantos sonham, devo salientar que elas têm plena consciência do paradoxo de seu privilégio. Suponho que a questão seja: não é pedir muito para não ser maltratada a ponto de ser hospitalizada como um subproduto, não é?

Little Mix mudou nossas vidas para melhor, e as vidas de nossas famílias, nós conquistamos muito“, diz Perrie.

Não me interprete mal“’, concorda Jesy (um aviso que ouvirei repetidamente ao longo de nossa hora juntas, talvez graças a quase uma década de suas falas sendo colocadas fora de contexto para chamar a atenção). “Não vou sentar aqui e dizer que temos uma vida terrível, porque não temos, mas acho que nossa inocência foi tirada de nós.

 

PHOTOSHOOTS | ENSAIOS FOTOGRAFICOS > 2020 > YOU – RACHELL SMITH
 

Já faz um tempo desde a última vez que as meninas deram entrevistas. A quarentena interrompeu qualquer atividade planejada, incluindo o lançamento de seu novo show de talentos da BBC: Little Mix: The Search (no qual elas procuram uma nova banda para se juntar a elas na turnê do ano que vem). Mas o tempo separadas não diminuiu a capacidade de terminar as frases uma da outra e de se ajudarem. Parece que foi muito bom para elas e permitiu que voltassem animadas para o lançamento de seu sexto álbum, Confetti, que saiu esta semana. “Foi necessário“, concorda Jesy. “Nunca deixamos de estar umas com as outras e estamos sempre ocupadas. Nossas manhãs começam cedo, terminamos muito tarde.”

Estar em casa significou mais tempo gasto com suas famílias, com Jade até mesmo começando seu próprio programa na MTV com sua mãe, tutu Norma. Chamado “Served!”, o programa auto-filmado viu a Jade e sua mãe entrevistarem drag queens famosas e se desafiar em competições culinárias. “Eu amo a cultura drag“, diz ela, “e minha mãe estava se isolando sozinha, então pensei que seria algo bom mantê-la entretida.

Sua mãe poderia estar no Loose Women“, diz Leigh-Anne.

Imagine nossas mães em um programa!” grita Jade.

Minha mãe não deixaria ninguém falar“, ri Perrie.

Ah, quando a Debbie vai para o Twitter“, diz Jade, sobre o hábito da mãe da Perrie de responder comentários de haters. “Minha mãe me manda mensagem tipo ‘você viu que Debbie se irritou com alguém?!

É interessante que as quatro falam com frequência sobre suas mães durante nosso bate-papo, mas não há menção aos pais. Enquanto as mães frequentemente aparecem no Instagram, ver o pai da Perrie no aniversário de 23 anos dela foi extremamente raro. Talvez a ausência dos pais da Little Mix na narrativa seja porque as quatro meninas foram criadas predominantemente por suas mães (todos os seus pais se separaram quando elas eram mais jovens), e outra razão pela qual o vínculo do grupo é tão forte. Little Mix são a fortaleza umas das outras, suas próprias guarda-costas pessoais. Jesy, elas concordam unanimemente, é a Assustadora Mix (embora eu a ache encantadora), o que é interessante dada a sua própria incapacidade de rebater as palavras de outras pessoas.

Quando é você sozinha lidando com algo pessoalmente“, diz Jesy, “é completamente diferente. Você se sente tão vulnerável sozinha, mas somos uma força quando estamos juntas.

Não é difícil ver, na sociedade de hoje obcecada pelas redes sociais, onde há pouca retribuição por causa da crueldade, o motivo pelo qual quatro mulheres atraentes e bem-sucedidas, com namorados jovens, atraentes e bem-sucedidos (dois jogadores de futebol – Perrie namora Alex Oxlade-Chamberlain do Liverpool, Leigh-Anne está noiva de Andre Gray do Watford – enquanto Jade está com o cantor da banda Rizzle Kicks, Jordan Stephens, e Jesy está saindo com o ator de Our Girl, Sean Sagar), que parecem estar vivendo um sonho, se viram no meio de um turbilhão de críticas. Houve a discussão infame com Piers Morgan, em que ele zombou delas por posarem nuas e pelos insultos que foram colocados sobre elas pintadas em seus corpos. Ele as acusou de usar sexo para vender discos e as chamou de “idiotinhas desbocadas, sem talento e alérgicas a roupas“, o que não é verdade.

Eu tenho um pé atrás com o Piers“, diz Jesy, revirando os olhos. “Ele faz isso para causar drama, então eu não dou atenção. Quando ganhamos o The X Factor, não parecíamos um grupo feminino genérico: todas temos formas e tamanhos diferentes, não nos vestíamos de maneira sexy, então imediatamente todos perguntaram: “O que é isso?”

Normalmente, quando você vê um grupo de garotas, elas são perfeitas, têm tanquinhos – e nós não éramos assim“, continua Jesy. “As pessoas nos viam como crianças, então mesmo que agora sejamos mulheres, ainda pensam em nós daquela maneira, então, quando subimos no palco vestindo collant, pensam: “Isso é nojento!”

O One Direction não recebeu a merda nós recebemos, porque eles são homens“, afirma Leigh-Anne. “É tipo, ‘são quatro garotas, vamos atacá-las.’ No momento em que são meninas, eles pensam: “Ah, sua piranha.”

Quando são homens, é comemorado, mas no minuto em que as mulheres se sexualizam e se sentem poderosas fazendo isso, nos dizem para nos contermos“, acrescenta Jade. “Estamos condicionados a pensar que as mulheres existem para ser esses seres inocentes e puros e, no minuto em que você sai disso, é um massacre.

Little Mix, no entanto, não tem medo de acolher esse massacre e de provocar um debate. Para o programa The Search, Jade descreveu como era importante para elas definir o tom de respeito quando cada nova pessoa fazia o teste. “Por sermos mulheres pequenas, é importante mostrar às pessoas que elas precisam nos respeitar, que sabemos do que estamos falando e precisamos ser ouvidas“, diz ela.

Não há maldade“, continua Jesy sobre o programa, que foi elogiado por modernizar e renovar o antigo formato de TV. “Não fazemos ninguém se sentir desconfortável para gerar entretenimento.

Elas também insistiram que uma grande parte do orçamento fosse dedicado a cuidar da saúde mental dos participantes, entendendo, em primeira mão, as armadilhas dos shows de talentos.

The Search não é a primeira tentativa delas de diversificar seu talento. Em grupo, elas têm a linha de maquiagem LMX e também um perfume, Style By Little Mix. Posteriormente, elas se tornaram mulheres de negócios especializadas, recusando-se a cometer os erros dos grupos pop do passado, tantas vezes deixados sem um tostão no final de suas carreiras.

Lembro-me de entrar em uma reunião da gravadora e dizer: “Isto é quem queremos ser, esta é a campanha que queremos, estas são as imagens que desejamos”, diz Jade. “Sabíamos o que queríamos desde o início e comandamos nossa carreira.”

Foi um longo caminho desde (como a Jesy mesmo disse) “origens de classe trabalhadora.” Desde que entraram no grupo, cada uma comprou uma casa para sua mãe e, embora sua história não seja inteiramente da miséria à riqueza, o salto de Primark para Prada nos últimos anos foi certamente significativo.

Quando se trata de negócios, Perrie descreve a si mesma e a Leigh-Anne como aquelas que frequentemente buscam um meio-termo em situações difíceis, enquanto enviam Jesy e Jade quando acordos que precisam ser feitos.

Jesy é a fodona“, Perrie ri. “Sempre que eu estou com medo, fico atrás dela. É ela quem entra em uma sala de reuniões cheia de homens e diz: ‘Vai ser assim.’ Mas escolhemos nossas batalhas. Não discutimos sobre toda decisão – apenas quando achamos que devemos fazer isso.”

Ninguém pode dizer que somos difíceis e, se o fizerem, estão mentindo“, diz Leigh-Anne com firmeza. Jesy acrescenta: “Nós sabemos o que queremos e sabemos o que as pessoas querem”.

Little Mix viveu mais de um terço de suas vidas sob os holofotes. Elas viram como as coisas funcionam e como não funcionam, e aprenderam a lidar com tudo isso. Os baixos podem ter sido espetacularmente baixos, mas os altos superaram qualquer uma de suas expectativas. A história delas não é um clássico conto de fadas, mas é aquela que elas aprenderam que podem escrever seu próprio final. Se a Little Mix que conheci hoje é um exemplo, eu não espero que esse final chegue tão cedo.

Tradução e Adaptação: EquipeBRLM | Fonte: YOU Magazine



11.11.20

A nova música da Little Mix, Sweet Melody, disparou direto para o número um no The Official Big Top 40 neste domingo, tornando-se seu sexto single número um.

Little Mix se tornou oficialmente o grupo feminino de maior sucesso do Reino Unido nesta década depois que seu último single liderou as paradas no fim de semana. A nova música da girlband, Sweet Melody, subiu direto para o número um no The Official Big Top 40 no domingo.

É o sexto número um da Little Mix desde que se formaram no X Factor em 2011, se tornando o grupo com mais #1 no The Official Big Top 40. Até o fim de semana, a banda, cujas integrantes são Jade Thirlwall, Jesy Nelson, Leigh-Anne Pinnock e Perrie Edwards, estavam empatadas com os grupos One Direction e Clean Bandit, que têm cinco músicas número um cada.

A Little Mix lançou seu sexto álbum de estúdio, “Confetti”, na sexta-feira (07/11), o qual inclui a música que já esteve em primeiro lugar, Break Up Song. O primeiro número um foi Wings, lançado em 2012, seguido por Black Magic em 2015. No ano seguinte, elas lideraram as paradas com Shout Out To My Ex e em 2018 conseguiram chegar ao topo com Woman Like Me, uma colaboração com Nicki Minaj.

Break Up Song atingiu o número um em setembro. Sweet Melody derrubou Really Love do KSI, Craig David e Digital Farm Animals deixando o single em sexto lugar. O número um mais recente das garotas veio depois que elas se apresentaram no MTV EMAs sem Jesy Nelson, que também perdeu a final do programa “The Search”.

Um representante da banda disse no sábado:

Jesy não está bem e não irá aparecer na final do “Little Mix: The Search” hoje à noite. Ela também não apresentará e performará no MTV EMAs amanhã.

Tradução e Adaptação: EquipeBRLM | Fonte original: Mirror UK



11.11.20

NOTA: 70

 

Em seu sexto álbum, Confetti, Little Mix mergulhou em uma nova era que é revigorante em sua criatividade libertadora, mas familiarizada com o som dance-pop que já é uma característica do quarteto. Tendo assinado contrato com a RCA depois de anos na Syco Music de Simon Cowell, Little Mix se tornou portadora do poder feminino enquanto ainda se divertem com uma vibração doce e açucarada que se encaixa perfeitamente com o nome do álbum.

Abrindo com o hino ‘Break Up Song‘ antes de entrar no clima de verão de ‘Holiday‘, o álbum se apresenta como um retrocesso simultâneo à era pop chiclete e uma prévia do futuro para um arco lírico mais potente e crescido. Onde Confetti ultrapassa os limites da produção nas batidas de dancehall de “Gloves Up” e na exploração comovente de “Nothing But My Feelings“, o quarteto também parece estar em paz com o poderoso som pop que as lançou à fama, testemunhando faixas brilhantes como ‘Happiness‘ e ‘Not A Pop Song‘.

O primeiro, em particular, é inegavelmente uma das melhores ofertas da Little Mix até agora, uma vez que investiga o início da idade adulta sem frescuras anexadas. Em contraste, elas ainda conseguem manter uma aparência de insegurança juvenil, como evidenciado na faixa ‘A Mess (Happy 4 U)‘.

Com uma longa lista de produtores bem estabelecidos: MNEK, Goldfingers e o trio co-autor TMS, entre outros, algumas das canções de Confetti tendem a se inclinar para um som de fábrica pop harmonizado. Faixas como ‘Sweet Melody‘ e sua doce carta de amor aos fãs na balada de piano oferecendo ‘My Love Won´t Let You Down‘ tornam Confetti um álbum agradável.

É em ‘Not A Pop Song‘ que a Little Mix usa todos os esforços possíveis para mostrar ao mundo que elas não são um prazer secreto – e definitivamente não são artistas pop manufaturadas. Se nada mais deixar claro, a frase “nós não fazemos o que Simon diz” deixa isso claro. A oferta mais ousada do álbum e das artistas tanto liricamente quanto sonoramente, é a faixa que indica o verdadeiro início de um novo amanhecer para a maior banda feminina do Reino Unido.

Relembrando o passado, mergulhando no presente e contemplando o futuro, a produção de treze faixas é tão cuidadosa quanto despreocupada. No geral, Confetti é uma oferta divertida, mas comovente, que é pop mainstream e algo além – sem se esforçar muito.

Tradução e Adaptação: Equipe BRLM | Fonte original: GG Wise



11.11.20

Os vocais de Harry Styles são discretos na nova música do Little Mix, ‘Breathe’ e, honestamente, não sabemos por que não percebemos isso antes.

Jesy Nelson, Perrie Edwards, Leigh-Anne Pinnock e Jade Thirlwall lançaram seu sexto álbum “Confetti” na sexta-feira, e os fãs perceberam que os vocais de Harry Styles são uma adição sutil.

Em sua nova música ‘Breathe’, a voz imperdível de Harry pode ser ouvida gritando “hey” em um show (lembra deles?) E o longa-metragem de 12 segundos já nos faz sonhar com uma colaboração completa de Little Mix e Harry.

As garotas fizeram um cover de “Falling” de Harry no início deste ano, e agora que seus vocais estão no novo álbum da girlband, está claro que elas são fãs do Sr. Styles quase tanto quanto nós.

O compositor Cass Lowe, que ajudou a produzir e escrever parte do novo álbum, praticamente confirmou que a voz de Harry está na faixa quando um fã respondeu ao post sobre “Confetti” exigindo respostas.

Você pode confirmar a quem pertence o ‘hey!’ No início de BREATHE? Tenho certeza que ouvi Harry Styles”, eles questionaram.

E Cass respondeu com 👀, um emoji sorrateiro, recusando-se a dizer a verdade – mas o que também significa que sim, é verdade.

Morrendo agora”, tuitou outro.

Little Mix e Harry compartilham a mesma gravadora americana, Columbia Records, e é claro que se conhecem há nove anos, já que Harry e One Direction apareceram no The X Factor um ano antes da Little Mix ganhar.

 

 

ATUALIZAÇÃO:

Jade se manifestou sobre o assunto num Tweet recente, confira a tradução:

“Existem rumores por aí que o HEY no início de Breathe pode ser do Harry Styles, e eu apenas quero esclarecer que eu não posso confirmar ou negar isso porque quero que todos vocês ouçam a música e façam stream do álbum, então vou deixar esse rumor continuar.”

 

Tradução e Adaptação: Equipe BRLM | Fonte: Capital FM



10.11.20

Enquanto o grupo feminino lança seu novo álbum Confetti, as suas estrelas seguem brilhando muito.

“Ninguém pode nos dizer nada agora.” 

Jade Thirlwall, sentada no chão de seu quarto e vestida com um moletom laranja brilhante, diz:

“Antes, quando entrávamos em sessões de composições, ficávamos muito nervosas para conhecer pessoas novas e pensávamos: ‘Eu espero que pensem que nós somos boas o suficiente.’ Porém agora eu entro em uma sessão de composição e penso: ‘Eu estou no maior grupo feminino do mundo. Eu não preciso me preocupar quando entrar nesse lugar.”

Little Mix sempre foi discreta sobre suas conquistas e, apesar de sua posição como um dos maiores grupos pop femininos do Reino Unido, Jade admite que elas ainda são relativamente humildes sobre seu sucesso.

Ela nos diz:

“Isso parece muito estúpido, mas às vezes até fico envergonhada com o fato de que no meu apartamento tem uma parede com todas as minhas placas que recebemos ao longo dos anos. Eu tenho um apartamento bem pequeno, então não há nenhum outro lugar para colocá-los. Mas então, quando tenho novos convidados entrando no apartamento e eles vão ao banheiro, precisarão passar por aquele corredor. É como um corredor da fama, e me sinto tão egoísta que, para ir ao banheiro, você tem que passar por todas as minhas conquistas! Mas depois que eu mostro as pessoas, elas falam: ‘Absolutamente não – você nunca deve se sentir constrangida do quão exitosa você é’.”

Com seu sexto álbum de estúdio Confetti prestes a ser lançado, Jade terá que encontrar mais espaço naquela parede em breve. Este álbum encapsula tudo o que amamos e esperamos da Little Mix; grandes hinos pop animados com letras poderosas e vocais deliciosos.

O novo single Sweet Melody é uma música explosiva, repleta de intenções e refrão viciante com versos fortes como “ele mentia, ele traía, em batidas sincopadas“, e já deu a Little Mix seu 16º hit no Top 10 no Reino Unido.

Do refrão grandioso em uma das faixas do álbum,”Gloves Up“, à produção contagiante dos anos 80 em “Break Up Song“, não duvide que a Little Mix está abraçando seu status de titãs do pop britânico.

Leigh-Anne diz:

“Não nos colocamos sob pressão com isso. Eu sinto que aconteceu muito naturalmente. Tudo se encaixou muito bem. Foi um processo muito diferente do que estávamos acostumadas. Acho que nossos fãs só querem se sentir empolgados e felizes.”

O Confetti estava praticamente concluído antes do Reino Unido entrar no primeiro isolamento social em março, mas ainda havia pequenos ajustes a serem feitos em algumas das músicas. Assim que as restrições foram amenizadas, cada uma das garotas teve que voltar para o estúdio individualmente para fazer os retoques finais.

Normalmente, nesta fase – como nos seus cinco álbuns anteriores – todas teriam se reunido em uma sala, ouvido tudo e feito anotações sobre quaisquer ajustes que precisavam ser feitos, bem como decidir sobre a lista de faixas. Mas, devido à pandemia, isso não poderia acontecer desta vez.

Perrie admite:

“Foi um processo muito estranho. Mas nós só queríamos fazer isso, porque pretendíamos lança-lo. Estávamos tão animadas para que todos ouvissem e os fãs estavam ansiosos por isso. ”

Depois do ano que todos nós tivemos, Perrie tem razão: um novo álbum da Little Mix não iria acontecer tão cedo.

Little Mix nunca pareceu tão livre como no Confetti. É um pop assumido e ouve um grupo feminino confiante para abraçar isso ao máximo, sem sentir a necessidade de fazer uma declaração em cada canção.

Jesy diz:

“Com o LM5 era muito Girl Power. Estávamos dizendo tudo o que sempre queríamos dizer. Com este álbum, nós apenas nos divertimos e escrevemos músicas que gostamos e deu certo. Obviamente, este ainda tem hinos de Girl Power, mas eu diria que é mais eclético.”

Jade concorda, acrescentando:

“Acho que solidificamos o que somos. Nem toda música precisa ter esse significado super profundo. As pessoas sabem o que fazemos agora e o que defendemos. Acho que o LM5 tem muito a ver com solidificar isso.”

Ao longo dos anos, Little Mix desenvolveu relacionamentos sólidos com alguns dos melhores compositores do Reino Unido – muitos dos quais retornam para esta produção. Um em particular, que é um dos produtores do single Sweet Melody, é o cantor e compositor britânico MNEK.

Jesy responde quando pergunto por que as composições do MNEK são sempre adequadas para um hino da Little Mix:

“Ele simplesmente nos entende como uma banda. Ele obviamente trabalha conosco desde o início, e sabe o que queremos como banda. Ele simplesmente consegue e é apenas um produtor insano! Ele adora vocais e harmonias tanto quanto nós. Então, ele é como um quinto membro.”

Em Confetti, no entanto, também ouvimos Little Mix se unir a Tayla Parx pela primeira vez. Depois de escrever sucessos para nomes como Ariana Grande, Janelle Monae e Christina Aguilera, a cantora e compositora norte-americana finalmente conseguiu entrar em estúdio com o grupo.

Jade explica:

“Queríamos trabalhar com ela há um tempo, mas como sempre, com aqueles grandes compositores de LA, é muito difícil às vezes conseguir, a menos que você já os conheça ou conheça um amigo de um amigo”

Mas quando as meninas fizeram o pedido, elas descobriram que Tayla já estava ansiosa para trabalhar com elas também. Jade acrescenta:

“Ela é tão talentosa. Ela é uma daquelas pessoas que quando você a vê, ela é tão pequena, fofa e alegre e ela diz tipo: ‘Sim cara, eu tive essa ideia’ e ela já está pronta para lançar um hino.”

Apesar das vitórias do BRIT Awards, turnês esgotadas e álbuns multi-platina, o foco da Little Mix sempre foi os fãs. É por isso que há mais de nove anos elas têm admiradores tão dedicados que as tem ajudado a passar de retraídas do X Factor para uma sensação pop internacional.

Se você já foi a um show da Little Mix, verá o efeito que elas e sua música têm nas gerações mais jovens. Trago à tona um vídeo que Jade compartilhou recentemente na conta principal da Little Mix no Twitter, no qual um menino dançava e cantava “No More Sad Songs” sem vergonha e em um de seus shows. São os melhores 60 segundos e de pura felicidade que você pode encontrar na Internet. Perrie comenta:

“Aquele video com aquele menininho fez a minha vida. Ele está vivendo sua melhor fase sem se importar com o mundo, apenas curtindo, e é disso que se trata. É disso que trata a Little Mix. ”

Ser aliado da comunidade LGBTQ + nunca foi um problema para o grupo. Elas participaram de desfiles do orgulho LGBTQ+, tiveram representatividade em seus videoclipes, e são defensores vocais da nossa comunidade. Seus shows são uma extensão disso, oferecendo um espaço seguro para que as pessoas LGBTQ + sejam quem são sem medo de julgamento. Leigh-Anne nos diz:

“Todo mundo simplesmente aprecia e ama a todos pelo que são. Eu acho que é tão bonito. Nossa base de fãs é simplesmente muito bonita. E como você disse, é um espaço seguro. Acho que é muito importante para nós. Mesmo quando estamos no palco, e estamos olhando para a multidão, todos estão vivendo e sendo eles mesmos.”

É essa é a essência de grupo que elas levaram com sucesso para o seu programa de talentos no horário nobre da BBC One Little Mix: The Search. Justo quando você pensou que a formato de competição musical em um sábado à noite estava saturada, Little Mix veio com uma versão revigorante e envolvente do formato. O show prospera com a energia das meninas e a irmandade entre elas.

Também está claro que elas se preocupam profundamente com os concorrentes, abandonando o sensacionalismo que programas semelhantes têm propagado, em favor de um ambiente de amor e carinho para os jovens aspirantes. É por isso que o nível de talento para cantar no show é tão incrível.

“Tivemos tantos participantes que realmente disseram à equipe da BBC que antes nunca sentiram de fato que poderiam fazer uma audição para programas como este, sem talvez se tornar uma piada, ou não serem levados a sério, ou não terem cuidados adequados. Então é muito bom ver pessoas fazendo uma audição que você sabe que normalmente não fariam isso. Normalmente nestes programas há sempre um vencedor claro ou você sabe quem vai para a final. Já com o The Search, criamos seis bandas que literalmente cada uma delas poderia vencer, e ficaríamos bem com isso. Acho que isso também é realmente refrescante.” – Jade

Não estaremos sozinhos na esperança de que a BBC encomende o The Search para uma segunda temporada, e sugerimos às meninas que, para a próxima temporada, façam uma audição para um grupo drap-pop. Jade nos respondeu:

“Foi uma das ideias! Mas, novamente, nós apenas queríamos ter certeza de que foi feito corretamente. Infelizmente, não havia participantes o suficiente. Mas acho que agora que o show está no ar, se fizessemos uma segunda temporada, talvez mais pessoas fariam o teste. Eu também queria muito criar algum tipo de vibração do Scissor Sisters, porque eu sinto que esse tipo de grupo não existe há muito tempo. Especialmente agora que a dance music está indo tão bem nas paradas. Eu sinto que agora é a hora de outro grupo misto queer incrível.”

Claro que não poderíamos deixar de concordar com Jade.

Ao mesmo tempo que a Little Mix caminha para seu 10º aniversário no próximo verão, sua estrela continua brilhando. Mas estas quatro mulheres lutaram para ter sucesso. Indo para os shows ao vivo do X Factor, ninguém teria previsto que uma década depois este grupo surgiria como um dos artistas vencedores mais bem-sucedidos na história do programa. Ao refletirem sobre sua jornada até este ponto, elas sentem que a pressão diminuiu um pouco. As pessoas não podem mais duvidar de seu impacto.

“Sinto que temos essa essência sobre todas nós agora, e isso não significa que agora somos metidas, só deixamos de ter medo. Não temos que nos provar como artistas.” – Jade

Leigh-Anne concorda, mas reconhece que tem sido um caminho desafiador até este ponto.

“As pessoas não entendem como é difícil. Temos que trabalhar muito mais. E eu não sei por quê. Eu não sei o que é. O que há com as bandas femininas? Eu não sei. Mas sinto que, ao mesmo tempo, quebramos um pouco os limites, e o fato de estarmos juntas há 10 anos, isso é inédito. E daí se formos uma banda de garotas? Podemos resistir ao teste do tempo. Conseguimos, estamos aqui. ”

Com um glorioso sexto álbum de estúdio, um programa de TV em horário nobre de sucesso e, com sorte, uma turnê no Reino Unido no próximo verão (por favor, não nos faça esperar mais, Covid), a popularidade da Little Mix não mostra sinais de parar tão cedo. Contra todas as probabilidades, elas se tornaram parte da história da cultura pop britânica, com um legado que atravessará as gerações futuras.

Perrie diz:

“As pessoas realmente não podem questionar nossa credibilidade ou o que estamos fazendo. Já estamos aqui há 10 anos, então relaxe!”

Não poderíamos ter dito melhor.

Tradução e Adaptação: Equipe BRLM | Fonte: Gaytimes

 



Little Mix Brasil • Hospedado por Flaunt • Layout por Lannie D &